Quarta, 16 de Abril de 2014 Busca no site: Ok  

Home

Links

Soluções

Utilitários

Publicações

Curiosidades

Produtos

Notícias

Diversões

Apls Android

Transporte

Mapa do Site

Busca na Web

Contato

Acompanhe

©2014 CJDinfo®





Termostato

O Termostato é um interrruptor elétrico controlado por temperatura. Através dele diversos equipamentos elétricos de aquecimento ou refrigeração conseguem regular a sua temperatura de operação.

Os modelos mais comuns encontrados em equipamentos comerciais são mecânicos e se dividem basicamente em dois tipos:


Para altas temperaturas:

É utilizado em equipamentos de aquecimento que precisam ter sua temperatura regulada, como Ferros de passar, Fornos, Cafeteiras, etc.

Eles são constituídos normalmente por uma lâmina que se dilata com o calor. Essa dilatação provoca o afastamento dos contatos elétricos, que desliga o dispositivo controlado.

Alguns podem ser constituídos por lâminas bi-metálicas. Estas são lâminas que tem metais diferentes em cada lateral. A dilatação diferenciada de cada metal provocará a "envergadura" da lâmina, que acionará o contato.

Nos dois casos o contato pode ser acionado diretamente ou através de um braço com mola (balancim). A regulagem da distância do contato ou da pressão da mola permitirá a alteração da temperatura de abertura do contato.



Conforme visto acima, a resistência recebe a alimentação elétrica através do termostato. Com isso gera calor até alcançar a temperatura em que o termostato abra o circuito. Ela então pára de aquecer. Quando a temperatura cair um pouco, os contatos se fecham novamente, a resistência volta a aquecer e o ciclo se reinicia. Desta forma consegue-se manter a temperatura dentro de uma faixa desejada.


Para baixa temperaturas:

É utilizado em equipamentos de refrigeração que precisam ter sua temperatura regulada, como Refrigeradores (Geladeiras), Ar-condicionado, etc.

Eles são constituídos normalmente por um Tubo Capilar (tubo muito fino, cujo diamêtro interno se assemelha a de um fio de cabelo) preenchido de gás. Uma das extremidades deste tubo fica encostada no ponto onde se quer medir a baixa temperatura (normalmente na placa fria do refrigerador). A outra extremidade termina num diafragma de metal, que se apóia em um balancim com mola para acionamento do contato. A variação de temperatura no tubo provoca a dilatação/contração do gás em seu interior, movimentando o diafragma e acionando o contato. A regulagem da distância do contato ou da pressão da mola permitirá a alteração da temperatura de abertura do contato.



Conforme visto acima, o compressor recebe a alimentação elétrica através do termostato. Com isso retira calor (Vide funcionamento do refrigerador) até alcançar a temperatura em que o termostato abra o circuito. O calor pára de ser retirado. Quando a temperatura subir um pouco, os contatos se fecham novamente, o compressor volta a retirar calor e o ciclo se reinicia. Desta forma consegue-se manter a temperatura dentro de uma faixa desejada.


Outros tipos:

Com a utilização de eletrônica na maioria dos equipamentos elétricos, os termostatos mecânicos podem ser substituídos por "termostatos eletrônicos".

Esses termostatos são formados por um sensor de temperatura e um circuito eletrônico, que mede o sensor e aciona/desaciona a carga desejada.

Os sensores podem ser constituídos por componentes eletrônicos sensíveis a temperatura, como os resistores NTC ou PTC, ou ainda por junções de Silício.

O módulo eletrônico mede a baixa corrente que circula pelo sensor e, de acordo com a sua variação, aciona a carga, através de um relê eletromecânico ou mesmo um circuito de potência eletrônico (SCR, TRIAC, etc).



Conforme visto acima, a sua posíção no circuito elétrico seria equivalente ao termostato mecânico.


¤ Links Relacionados:
- Conheça o funcionamento de um Refrigerador


¤ Comentários:
Retornar
Compartilhe esta página: